Quando o cão de estimação morre — Rosa & Blue

Quando o cão de estimação morre

by fabi on 24 de julho de 2012

in Bichos

Lembram do Codi? O Golden Retriever que muito ilustrou nossas páginas do blog. Aquele cão danado que comeu minhas portas da sacada, que muito fez xixi no meu tapete e que muito buraco fez no jardim da praia? O Codi que entrava na piscina e nadava com os meninos, que quando ia na pracinha de tão animado nas suas corridas atropelava as pessoas e fugia do seu perímetro invandindo a rua. Ele corria em círculos em tamanha velocidade que o canteiro da praça não bastava, ele acabava invadindo a rua também.

O Codi que muitas vezes me arrastava pela guia, me deixando louca. Que ficava 2 dias sem comer só para ganhar ração molhada, seria por ciúmes da Coral (vira-latinha)? O Codi que brincava de cavalinho com os meninos e que morria de medo dos fogos no ano novo.

O menor filhote da ninhada, este foi o motivo que fez meus filhos escolherem ele, era o menor, o mais bonitinho, provavelmente o mais frágil pois já nasceu com uma doença congênita nos 2 rins, que nunca trabalharam 100%. Mesmo assim, o Codi que tinha uma expectativa de vida de 2 anos, acabou durando 4 anos, mas isso já era sabido.

Fica aqui uma lembrança do cão que foi um querido companheiro da família e principalmente do meu MSizeboy!

Falando com meu pai e questionando sobre como falar isso para meu filho ele disse: 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

27 respostas para “Quando o cão de estimação morre”

  1. Marisa Fialho Schaurich disse:

    Que linda homenagem Fabi! E assim a meninada vai duramente aprendendo a lidar com as perdas… não é fácil não! bj

    • fabi disse:

      De fato Marisa, principalmente pq ele era muito ativo, um cachorro jovem com um rim muito doente. Mas de fato, assim eles vão aprendendo a lidar com a realidade, bjs Fabi!

  2. mirian marinsek disse:

    Lamento a perda do Codi, pois um cão é sempre importante na vida das crianças, e este era muito especial para todos! Bjo.

  3. Marilia disse:

    Estou aqui chorando…. Puxa vida, nunca pensei que um cachorrinho pudesse mexer tanto comigo. Acho que é pq eu sabia do amor dos meus netos pelo Codi e tb pq vi todo o carinho e dedicação que o Cris e a Inaiá tiveram com este cãozinho. Fica aqui a saudade deste super especial CODI!!!!

  4. Samuel disse:

    O cachorro é um grande amigo por isso nunca esquecemos dele.
    Um abraço do Samuel

  5. Solange. Sperb disse:

    O Codi foi especial, os bichinhos de estimaçao fazem parte da família e é muito difícil a partida delês, ainda mais para uma criança. Fiquei emocionada e gostei de ler esta postagem. Parabéns Fabi.
    Bjus

  6. Marcia Maria da Silva disse:

    Linda história de uma doce e sincera amizade e por que não dizer de um grande amor, sim amor verdadeiro daqueles que a gente morre um pouco quando perde, não conheci o Codi mas ele devia ser muito especial e amigo amoroso como os cães são. Dá uma grande tristeza de imaginar ao ler que ele se foi, todos quando partem levam um pedaço de nós. Parabéns. Grande abraço.

    • fabi disse:

      Oi Marcia, muito obrigada pelo seu comentário e por suas tão queridas e doces palavras de conforto. Eles levam sim um pedaço de nós, e nós ficamos com as boas lembranças em troca! Super beijo, Fabi!

  7. Fernanda disse:

    Oi Fabi, sentii demais a perda, do Codi, nossa, foram momentos especiais de mais do lado dele concerteza. e viver cada momento do ladinho dele, apertando, beijando, e recebendo todo o carinho que ele podia nos doar, como resposta de agradecimento, é INEXPLICÁVEL….A cada dia tenho mais certeza do meu sonho.CONCERTEZA, há uma estrelinha linda, la no céu, que acabou sua jornada por aqui, mas concerteza proporcionou momentos inesqueciveis a cada ser que conviveu com o AMADO do CODI!
    Grande beijo! =)

    • fabi disse:

      Oi Fernanda, obrigada pelo teu depoimento. O Codi era o cachorro que mais abanava o rabo, feliz, sempre contente!! Com certeza uma estrela vai brilhar mais forte!!! Obrigada pelo teu carinho, vou passar tuas palavras para os meninos. Bjss Fabi!

  8. Elisa Martins Costa disse:

    Emocionante Fabi.
    Lamentamos a morte do Codi mas pelo visto foi uma experiência maravilhosa para as crianças. Tadinho dos baixinhos estas perdas mas …faz parte da vida – gostei muito dos comentários do teu pai .
    Beijos para esta família querida
    Elisa

  9. natalia disse:

    Oi…
    Vi a história de Codi, vivemos isso com o nosso eterno Dingous, que nos deixou dia 15/09/12.

  10. Paula disse:

    Olá,
    Acabo de perder a minha cachorrinha, e buscando algo pra me consolar, encontro teu blog. Cães são anjinhos que Deus coloca na Terra, para alegrar nossas vidas, muitas vezes por breve momento, como tb foi o caso da minha amada SOL, que faleceu ontem, com 1 ano e 7 meses. Teve um infarto fulminante. Agora ela tb é uma amiguinha do Codi, no céu dos cachorrinhos =)

  11. Carina disse:

    Nossa, procurando umas receitas na internet fui parar no teu blog e me deparei lacrimejando ao saber a história do Codi. Sou louca por cães e tenho um Golden tão sem noção e arteiro quanto o Codi. Já perdi um labrador de insuficiência renal e foi muito triste, perder um bichinho dói, mas ensinar esse amor incondicional para as crianças é DIVINO! Família linda, parabéns! Beijos

    • fabi disse:

      Oi Carina querida! Muito obrigada pelo seu carinho. Eu sei como é, a gente sente a perda, mas é importante ensinarmos para nossos filhos que isso faz parte da vida! Imagino como seja seu Golden, o nosso morreu com 3 anos, seja que isso é uma doença da raça este problema renal? Bjss e nos visite mais seguido. Foi um prazer falar com vc, Fabi!

  12. Silvio disse:

    Fabi,
    Linda homenagem, esta semana perdi o meu cachorro Cookie e procurando respostas, encontrei a leitura de seu texto.
    Nunca pensei que esta situacao nos deixaria, eu e minha esposa, tao tristes, existem lembrancas dele por toda a casa, que nos fazem chorar.
    Continua sendo o meu grande amigo.
    Abs.

  13. […] Fiquei super chateada pois é o segundo cão que tenho que possui o mesmo problema. Já tivemos um Golden Retriever que morreu com 3 anos de um problema renal semelhante. O problema foi descoberto a partir de […]

  14. Cilene disse:

    Olá
    Perdi minha golden segunda feira , com 4 anos, e diagnóstico de insuficiência renal, mas não imaginava que ela pudesse ter algum problema de saúde, como vcs fizeram o diagnóstico precoce, ele apresentou algum sintoma?
    sinto mto pela sua perda, ficam a saudades que são mtas e boas lembranças, pq eles marcam nossas vidas com momentos inesquecíveis

    • fabi disse:

      Meu irmão é veterinário e percebeu que ele fazia muito xixi e bebia muita água além de ter um hálito ruim, fez exames nele e detectou que os dois rins estavam comprometidos. Agora temos um novo Golden o HULK e criamos um canal para falar dele pois confesso que ficamos um pouco traumatizados de termos perdido o cão tão cedo. o canal é http://www.youtube.com/user/rosaeblue convido vc para assistir

Deixe uma resposta